Pedro Cunha Lima critica perseguição ideológica dos apoiadores de Bolsonaro

O deputado Federal Pedro Cunha Lima (PSDB) criticou a perseguição ideológica mantida pelo Governo Bolsonaro. Em postagem nas redes sociais, nesta quarta-feira (2), o parlamentar que preside a Comissão de Educação na Câmara Federal criticou a obstrução por governistas da pauta da reunião da comissão por haver os termos “gênero” e “orientação sexual” em um projeto em discussão.

“É legitimo que você tenha uma posição política. Agora em um país que tem uma agenda da educação com um atraso gigante. Uma série de desafios para procurar uma solução, você perder uma manhã inteira obstruindo uma pauta para discutir essas questões, mostra que a prioridade do governo neste instante não é resultado na educação, é ideológica, é uma perseguição ideológica”, disse Pedro Cunha Lima na postagem.

Por outro lado, o deputado Federal elogiou as ações do Ministério da Educação (MEC) em buscar alternativas para ampliar as ações de incentivo a docência, aumentar os investimentos na educação na primeira infância e na busca de recursos para a Coordenação de Aperfeiçomento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui