Motos estão envolvidas em 80% dos acidentes de trânsito em Campina Grande

O número de acidentes de trânsito envolvendo motos em Campina Grande representa cerca de 80% do total de acidentes registrados na cidade. De acordo com os dados da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) de Campina Grande, em 2019 foram registrados 2.573 acidentes de trânsito, destes 2.047 envolveram motocicletas.

O número de acidentes de trânsito na cidade teve uma queda expressiva desde 2016, quando foram registradas 3.280 ocorrências, sendo 2.624 envolvendo motos. Apesar da redução, a quantidade de acidentes ainda é considerada muita alta e preocupante, conforme explicou o superintendente da STTP, Félix Neto.

Segundo ele, Campina Grande possui atualmente uma frota de 189 mil veículos, sendo 72 mil motos. Além disso, mais de 80 mil veículos oriundos de outras localidades circulam na cidade todos os dias.

Os homens são as maiores vítimas de acidentes de moto. São 1.631 casos do total de 2.047, o equivalente a 79,6%. As mulheres se envolveram em 416 acidentes de moto no ano passado.

Os tipos de acidentes envolvendo moto mais comuns são queda, colisão lateral e atropelamento de pedestre. Félix Neto destacou que os pedestres são mais atropelados por motos do que por carros.

A maior parte dos acidentes envolvem pessoas na faixa etária de 21 a 29 anos (40%) e ocorrem na sexta-feira, entre as 18h e as 21h. “Não sabemos se é o cansaço da semana que deixa as pessoas mais desatentas ou se é aquele sentimento de ‘sextou’. É algo a ser avaliado”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui