Justiça libera vereadores de Santa Rita presos pelo GAECO

Após mais de seis horas de audiência de custódia, a Juíza Maria dos Remédios Pordeus Pedrosa Veloso de França, da 2ª Vara Mista da Comarca de Santa Rita, decidiu na madrugada desta quinta-feira (7) que os onze vereadores de Santa Rita, presos pela Operação Natal Luz, na última terça-feira (5) respondam ao processo em liberdade.

O vereadores poderão continuar a exercer o mandato e participar das sessões da Câmara Municipal. No entanto, como medida cautelar a Juíza proibiu a participação dos vereadores em seminários, congressos e o pagamento de diárias. Além de ter sido decretada a busca a apreensão de todos os computadores da Câmara Municipal de Santa Rita.

Operação Natal Luz

De acordo com as investigações, onze vereadores de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, forjaram um congresso para justificar deslocamento para a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, com o uso de dinheiro público.

A operação foi deflagrada na madrugada na terça-feira (5), os vereadores e o contador da Câmara foram presos na BR-101, quando voltavam de Recife para João Pessoa, após desembarcarem de viagem no Aeroporto dos Guararapes, em Recife.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui