Exames para o coronavírus começam a ser realizados na Paraíba

O Governo da Paraíba anunciou que já iniciou a realização de exames para diagnóstico do novo coronavírus em território paraibano. O anúncio foi realizado nesta terça-feira (24), durante visita do governador João Azevêdo ao Laboratório Central da Paraíba (Lacen-PB), onde estão sendo feitos os estudos das amostras coletadas. A ação permitirá agilidade no diagnóstico da doença, já que os exames estavam sendo analisados pelo Instituto Evandro Chagas, no Estado do Pará.

“Desde ontem, começamos a realizar os testes para detecção do novo coronavírus. Esses testes já foram realizados em 22 amostras e já identificou mais um caso da Covid-19, colocando a Paraíba com três casos confirmados do vírus. Eu tenho certeza de que estruturando o laboratório, com a disponibilidade maior de kits – temos material para trabalhar até o próximo mês e já fizemos novas aquisições -, poderemos realizar todos os testes necessários com a população”, assegurou o governador.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, destacou a importância da agilidade no diagnóstico do coronavírus e reforçou a necessidade de obedecer aos critérios para a realização dos exames. “Hoje iremos realizar 40 exames, temos material suficiente para os próximos dias, já providenciamos novas compras e isso aponta que teremos mais agilidade nos exames. Além disso, pedimos a conscientização das pessoas, pois nem todo mundo precisa fazer o exame, existem critérios técnicos e apenas os pacientes que estão internados ou em estado grave nos hospitais é que necessitam realizá-los. Os demais pacientes que apresentam síndrome gripal deverão permanecer em casa e permanecer 14 dias em isolamento domiciliar, sem contato com as pessoas”, orientou.

Até o momento, a Paraíba confirmou três casos de Covid-19 e já descartou 61. O terceiro caso trata-se de uma mulher, de 31 anos, que mora em João Pessoa, com histórico de viagem a São Paulo, retornando à Capital paraibana no dia 14 de março. Ao apresentar os sintomas, ela entrou em contato com a SES pelo plantão de dúvidas e, em seguida, foi realizada a coleta. A paciente segue em isolamento domiciliar, sendo monitorada pela Vigilância municipal.

A Secretaria de Estado da Saúde reforça a recomendação de que as pessoas, acima de 60 anos, diabéticas, hipertensas, enfisematosas, renais crônicas, cirróticas, com câncer, na fase de quimioterapia, portadores de lúpus, artrite reumatóide e que utilizam corticóides devem permanecer em casa, evitando aglomerações.

Foram colocadas linhas telefônicas (99146-9790 e 99146-9250) para tirar todas as dúvidas dos profissionais de saúde e a população em geral, fazendo o encaminhamento necessário, de acordo com a situação e, na última quarta-feira (19), foi aberto um posto de coleta para onde estão sendo encaminhadas as pessoas que apresentam os sintomas da Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui